Bolsas e Financiamento

Decidir estudar no exterior também inclui saber que custos podem estar incluídos e as diferenças que existem para que decidem estudar em casa. Dependendo de onde vens, os custos na Alemanha podem ser maiores ou menores do que no teu país de origem. É importante saber que custos como os de seguros de saúde ou para viajar para casa podem aumentar.

estudar na alemanhaAs propinas na Alemanha são bastante baratas quando comparadas com outros países. A maioria das universidade e liceus técnicos são financiados pelo estado e só uma pequena parte é financiada pelos estudantes. Na Alemanha cada estado pode decidir se as propinas são necessárias ou se podem ser dispensadas. Os estados federais de Bayern,  Hamburg e Niedersachsen cobram propinas de cerca de 500 Euros, o que é bastante barato. Outros estados federais não cobram propinas mas alguns têm regulamentos especiais no que diz respeito a estudantes de longo termo ou de segunda graduação.

Todos os estudantes têm de pagar outra quantia de dinheiro chamada a taxa do semestre. Com esta taxa os custos de administração para a própria pessoa são pagos e  as cafetarias, residências ou instalações desportivas são financiadas. Na maioria dos casos, com esta taxa os estudantes também recebem um bilhete de semestre que pode ser usado em autocarros e comboios na área. A taxa de semestre é de cerca de 150 a 250 Euros.

Estudar numa universidade privada ou liceu técnico é muito mais dispendiosos, porque estas são financiadas apenas pelas propinas. As taxas paras estas universidades podem ser de até 20.000 Euros por ano.

Adicionalmente, há o custo do seguro de saúde, que é necessário na Alemanha e o custo normal de vida. Os custos de aluguer podem diferir bastante, dependendo de onde se quer e como se quer viver. Nas grandes cidades industriais e universitárias o aluguer pode ser bastante dispendioso, porque não há muito espaço para todas as pessoas. Por isso é normal, para os alunos alemães, partilharem um apartamento com outras pessoas e fazer uma comunidade de partilha de apartamentos para baixar os custos para todos. Outra oportunidade barata são as residências da universidade. Estas são sempre muito procuradas e por isso é importante apresentar a candidatura cedo. Os custo para a renda nas residências são de 200 – 400 Euros, em comunidade de apartamentos partilhados de 300 – 500 Euros e para um apartamento individual a partir dos 400 Euros, estes valores podem diferir de cidade para cidade.

Para além da renda também exisetm custos com a comida, livros, fotocópias, telefone, internet, roupas, tempo livre e muitos outros. Comparado com outros países a Alemanha tem um custo médio na Europa. Quanto dinheiro é necessário depende de muitos coeficientes. Pode-se calcular em cerca de 200 – 300 Euros.

Para financiar todas estas coisas é importante saber, desde cedo, qual o orçamento que cada pessoa tem e quais são as outras alternativas.

Um emprego como estudante trabalhador na Alemanha nem sempre pode ser conseguido por um estudante internacional. Primeiro tem de verificar-se as regras e regulamentações do país de origem. Mas depois o estatuto de estudante trabalhador pode ser uma excelente forma de melhorar o orçamento. As ofertas de trabalho também podem ser recebidas pelas universidades.

Outra oportunidade é candidatar-se a uma bolsa. Tanto pode ser uma bolsa do país de origem ou uma bolsa na Alemanha. Na Alemanha há várias fundações e organizações que ajudam estudantes internacionais. As bolsas da DAAD (German Academic Exchange Service ) são sempre boas e pode ser encontrada uma lista de bolsas, na página web, onde se pode procurar e encontrar a melhor. Para estudantes da Europa também há a possibilidade de ter bolsas do programa ERASMUS. Em certos casos faz sentido candidatar-se a uma bolsa. Mesmo que eles só paguem uma pequena parte dos custos, pode ser uma grande ajuda.

Também é importante receber a informação sobre como financiar os estudos desde cedo, porque na Alemanha é necessária uma prova de financiamento. Esta prova é muito importante, porque é necessária para a candidatura, para o visto e para a permissão de residência. Tem de haver uma prova de 8.000 Euros por ano de diferentes fontes.

O financiamento é uma parte muito importante que não deve ser subestimada e sobre a qual devemos pensar cedo se quisermos estudar no exterior.

 

Mawista.com - Health Insurance for Foreign Students in Germany