Quanto é que Custa Estudar na Alemanha

A questão “E quanto é que isto custa?” é uma das primeiras que é feita pelos estudantes ou pelos pais quando os seus filhos querem estudar no estrangeiro. Não só os estudos completos mas também um semestre único no estrangeiro pode incluir custos que não existiriam no país de origem.

Estudar na AlemanhaO primeiro ponto dos custo é as propinas. Na Alemanha estas são bastante baixas, comparativamente com outros países e em algumas universidades não há nenhumas propinas. A maioria das universidades alemãs são financiadas pelo estado e pelo governo e só uma pequena parte do dinheiro delas vem das propinas. Quanto tem de ser pago depende da localização da universidade. Todos os estados federais podem decidir, por si mesmos, se têm dinheiro suficiente para abolir as propinas ou se precisam de propinas adicionais. Os estados federais de Bayern, Hamburg, Niedersachsen e Nordrhein-Westfalen ainda cobram propinas.

Estes são obrigatório para a maioria do estudantes e representam cerca de 500 Euros por semestre.

Todos os outros estados federais não cobram propinas ou taxas para estudantes de longo termo e para uma segunda graduação.

Aqueles que querem estudar numa universidade privada têm de calcular propinas muito mais altas. As universidades privadas são financiadas apenas pelas propinas, dessa forma elas são muito mais altas. É possível que os estudantes tenham de pagar até 20.000 Euros por ano.

Para além das propinas é normal que haja, na Alemanha, outra taxa chamada de taxa de semestre. Este valor tem de ser pago por todos os estudantes e cobre as despesas administrativas e o financiamento de cafetarias, áreas desportivas e residências. Ainda inclui o valor para o bilhete de autocarro para o semestre. Na maioria das universidades é possível usar o cartão de estudante como um bilhete de autocarro ou comboio na área. A taxa de semestre pode diferir de universidade para universidade e custa cerca de 150 a 250 Euros.

A segunda grande parte, para além das propinas, é o custo de vida. A Alemanha não é muito mais cara do que outros países, mas é necessário muito mais dinheiro quando não se está a viver na casa dos pais. O custo de vida na Alemanha difere bastante dependendo da região. É muito diferente viver numa grande cidade industrial ou universitária ou numa pequena cidade que não tem tantas pessoas. Especialmente nas áreas com alto défice habitacional os estudantes formam comunidades de partilha de apartamentos e dividem os custos básicos.

A partilha de apartamentos é uma alternativa barata aos apartamentos próprios. As universidades também disponibilizam residência para os seus estudantes, onde podes viver de forma mais barata. Na maioria dos casos a cozinha é partilhada com outros estudantes e o estudante tem um pequeno quarto individual.

Candidatares-te cedo a um lugar na residência aumenta as hipóteses de conseguires um dos lugares mais procurados. As residências custam entre 200 a 400 Euros, um quarto numa comunidade de apartamento partilhado custa entre 300 e 500 Euros. Um apartamento individual custa a partir dos 400 Euros.

Há mais algumas coisas que são necessárias para viver, para além do quarto. Começando pela comida e roupas, continuando com livros para a universidade e atividades nos tempos livres, estes custos formam outra parte das despesas. Dependendo da área o estudante tem de comprar muitos livros ou fotocopiar o material das palestras, estes custos podem ser de 50 Euros por semestre. O dinheiro necessário para comida depende de cada pessoa. É suficiente ter a comida da cafetaria ou precisa de cozinhar produtos em casa? Para além da comida há as atividades de tempos livres. Não interessa se preferes desportos e tens de pagar a mensalidade do ginásio ou se gostas de sair com os amigos e precisas de dinheiro para isso. No total, olhar para o próprio estilo de vida é uma boa forma e fazer os cálculos com cerca de 200 Euros a mais.

Vir de um país diferente significa que quer ir a casa algumas vezes para ver a família no Natal ou nas férias. Para estas vagens há mais custos a serem calculados, que podem ser bastante dispendiosos dependendo da distância do país de origem.

Todas as pessoas deviam calcular as suas próprias necessidades e fazer uma lista do que ele ou ela precisam para viver. Só se as finanças forem seguras é que possível estudar na Alemanha.

Mawista.com - Health Insurance for Foreign Students in Germany